quinta-feira, setembro 21, 2006
posted by Mar da Lua at quinta-feira, setembro 21, 2006

Eu gostava de olhar para ti
E dizer-te que és uma luz
Que me acende a noite
me guia de dia e seduz
Eu gostava de ser como tu
Não ter asas e poder voar
ter o céu como fundo
ir ao fim do mundo e voltar
Eu não sei o que me aconteceu
Foi feitiço! O que é que me deu?
para gostar tanto assim de alguém como tu
Eu gostava que olhasses para mim
E sentisses que sou o teu mar
Mergulhasses sem medo um olhar em segredo
Só para eu te abraçar
O primeiro impulso, é sempre mais justo
É mais verdadeiro.
E o primeiro susto, dá voltas e voltas
Na volta redonda de um beijo profundo
 
8 Comments:


At setembro 21, 2006, Blogger M5Sol

Vou fingir que não percebi a quem se destina esse poema, que é lindo, diga-se e enche-me a alma de sensações agradáveis.

 

At setembro 21, 2006, Blogger Bandida

Belissimo!!! Vou voltar... :)

 

At setembro 21, 2006, Anonymous Anónimo

Feitiço????
Feitiço foi o que te deu durante estes últimos anos!!!Bruxedo!

Agora não é feitiço, não. É Luz!

Tua, Sempre. :)

 

At setembro 22, 2006, Anonymous pinguim

bom dia ...
que letra linda , que musica linda ...
mas gosto mais da flor ...
beijos

 

At setembro 22, 2006, Anonymous Anónimo

Ler-te e sentir-te assim ,enche-me a alma e o coraçao de alegria.
Que bom!! que bom que voltaste á vida ... e deixaste para tras o tormento dos ultimos anos

 

At setembro 22, 2006, Blogger Eu sei

Faz-me sentir ... sono ... muito sono.

 

At setembro 24, 2006, Anonymous PINGUIM

Não tenho nada ...
Mas tenho tudo ...
Sou rica em sonhos ...
E pobre em ouro ...

Mas nao em importa ...
Pois so por ter dinheiro ...
Nao compro ...
AMIGOS VERDADEIROS ...
TRALARALARARALALA

QUAL FEITIÇO ...
VIVA A FLOR E A BELA ...

O AMOR É LINDO !

 

At setembro 25, 2006, Blogger Eu sei

Já agora porque não: “Maldito amor que me enlouquece às vezes parece que fazes bruxedo, pois é tão grande o sentimento que sinto cá dentro, pois amo por medo....”?