segunda-feira, janeiro 22, 2007
posted by Mar da Lua at segunda-feira, janeiro 22, 2007

As minhas mais humildes desculpas a todos quantos por aqui passam e não encontraram novidades, mas a última semana foi tipo Magnum ... nossa, só nossa e nossa até ao fim! A verdade é que embarcámos rumo a uma das cidades mais românticas do Mundo. Praga, ou Praha - como quiserem - é uma capital europeia plena de vida e cor, envolta na aura misteriosa do misticismo bohémio que nos faz perdermo-nos em cada rua de edificios majestosos e coloridos, em cada beco que nos surpreende com mais um acolhedor bar de madeira e fogo numa qualquer adega do séc. XVI, em cada cúpula de ouro e verde que dos telhados bicudos se ergue para dar lugar a uma esplanada inesperada acima do nível do ar que respiramos. Praga é a cidade mãe de todas as belezas, das coincidências numéricas, dos codexs, das lendas, do fantástico e assombrado, na névoa rosada sob as pontes que sabemos serem calcorreadas por tantos desde o séc.XIV, do néctar da cevada - esse que tão bem nos sabe enquanto descançamos das caminhadas e do frio lá de fora -, do homem do realejo sob a Karlov Most (Ponte D.Carlos cuja primeira pedra foi colocada em 1357 a 9/7 às 5:31h a conselho astrológico da numeração impar), de Kafka e Kundera, de Alfons Mucha e Carlos Magno, do relógio astrológico único no mundo, da viela dourada que desce de mãos dadas com a muralha do castelo até ao rio, dos sons do jazz que adoptou e do cheiro do pato e do joelho de porco assado que se mescla com os incensos e com as cores das lojas trendy e fashion de uma cidade mulher em que o antigo e o moderno são meros anacronismos e em que a realidade e a névoa dos sonhos se confundem neste amor que trazemos no peito.

Amei viajar contigo. Amei perder-me no tempo. Amei encontrar-te em cada canto e perder-me contigo em cada esquina.Amei-te em Praga... Amo-te por cá.

 
6 Comments:


At janeiro 22, 2007, Blogger M5Sol

Senti cada descrição de cada detalhe como se estivesse eu própria nos becos de Praga.
Já tive o previlégio de ver todas as fotografias e de facto é uma cidade maravilhosa, com cores que nos aquecem, porque não estive a apanhar o frio que lá se faz sentir.
Sinto-me, de facto, uma previlegiada.

 

At janeiro 22, 2007, Blogger Mar da Lua

m5sol: Somos previlegiados todos quantos temos AMIGOS de verdade.

 

At janeiro 22, 2007, Blogger M5Sol

Aí está uma grande verdade.
Os AMIGOS são o melhor que há no Mundo e para a Vida.

 

At janeiro 23, 2007, Anonymous Poisson

No Livro do Riso e do Esquecimento de Kundera vem:
"Em Praga, havia o erotismo - era o escape da liberdade. Mas desta vez Praga é só ausência e litost (... )"

"Litost" é uma palavra checa de sem tradução,“litost is a state of torment created by the sudden sight of one’s own misery”.

As palavras que associo a Praga são algumas de Kundera: erotismo, ausência e sofrimento.

Parabéns pela viagem e pelos momentos. Fotos deliciosas... ;)

 

At janeiro 26, 2007, Anonymous Shaka

E Saudades Não ?

Acho Que Vão Ter De Voltar La' Para Nos Trazerem As Tais Prometidas Cervejitas .

 

At janeiro 26, 2007, Blogger Mar da Lua

Shaka: Eu mato-te afogada nas tais cervejas mulher LOL!
Saudades de Praga...sim
Saudades VOSSAS .... MUITAS MESMO!