segunda-feira, outubro 23, 2006
posted by Mar da Lua at segunda-feira, outubro 23, 2006

Os teus caminhos sufocam-te e o teu sufoco aperta-me o peito. Não sei que te diga, não sei como faça, não sei se te abrace para te sentires segura ou se te largue para te dar espaço. Sei que estou contigo, mas quando me olhas do alto do mar dos teus olhos, quando esboças com a sobrancelha um tremendo ponto de interrogação e quando me perguntas com voz de miúda "Amiga, o que é que eu faço?"...deixas-me à nora. Eu sou a terra que pisas, escolhas o caminho que escolheres prometo servir-te de "chão" e não deixar de te acompanhar!
 
10 Comments:


At outubro 23, 2006, Anonymous luar

A vida é um "caminho" e um "estar a caminho"... por vezes soltitátio, outras tantas vezes, amparado, ou então comprometido. Que neste "estar a caminho", tenhemos em mente a bússula do nosso Ser e trilhemos o caminho da nossa Razão de maõs dadas e envoltas de pleno Sentimento!

 

At outubro 23, 2006, Blogger Narizinha

A forma como caminhamos é que é sufocante... Dá um aperto no peito de quem quer ajudar porque não sabe como fazê-lo e é sufocante para quem sofre porque muitas vezes não sabe como pedir ajuda...
Bjs

 

At outubro 23, 2006, Blogger Mar da Lua

Luar: Essa hramonia é que por vezes dificulta o SER.

 

At outubro 23, 2006, Blogger Mar da Lua

Narizinho: Verdade, o que nos sufoca e o que nos aperta o peito é só o que ainda não tivemos coragem de fazer!

 

At outubro 24, 2006, Blogger Bandida

Então, fica. Só assim estarás.

Abraço forte, miúda!
_________________________________

 

At outubro 24, 2006, Anonymous Isabel Guerra

...Obrigada!

 

At outubro 24, 2006, Anonymous PINGUIM

Este post é lindo ...
parabens more ...

 

At outubro 25, 2006, Blogger Mar da Lua

Bandida: Verdade incontornável essa tua!

 

At outubro 25, 2006, Blogger Mar da Lua

Isabel Guerra: Eu sei que me estás grata por tudo na vida meu amor :) especialmnte por mim e por existir assim...linda como sou e tão tua irmã.

 

At outubro 25, 2006, Blogger Mar da Lua

Pinguim: Lindo como lindo é o que sinto pela amiga a quem o dediquei. Não importa saber quem, mas é de facto uma amiga muito especial.