quarta-feira, outubro 22, 2008
posted by Mar da Lua at quarta-feira, outubro 22, 2008

Hoje apetece-me o tempo frio dos agasalhos que se despem à entrada da porta, o som da chave que roda na fechadura, o aconchego quente de uma casa que é só nossa.
Apetece-me receber-te com o sorriso que só tu entendes, apertar-te no corpo que só tu decifras e, passo a passo, dedilhar-te a pele como se de cordas de uma guitarra se tratasse.
Hoje apetece-me a lareira que se acende e o vinho que respira nos copos enquanto eu te respiro a ti, a cada linha das tuas mãos, a cada volta do teu cabelo, a cada traço de uns imensos olhos que me apaixonam de cada vez que os olho.
Hoje apetece-me deixar-me guiar por ti no trilho de roupas que vamos largando no chão da sala, roubar-te um beijo e outro e outro ainda, entregar-te a lua embrulhada nos raios que da janela vão chegando em tons de prata.
Hoje apetece-me, sem pressas, desenhar-te com os dedos cada contorno que a luz laranja do fogo vai, desse corpo que é meu, deixando adivinhar. Sentir-te tremer como tremulas são as chamas que ardem menos que nós. Hoje apetece-me fazer-te mulher na pressa do vagar que temos, na urgência dos sentidos que nos brotam da alma e nos inundam os olhos.
Hoje?!...hoje apeteces-me Tu!
 
10 Comments:


At outubro 22, 2008, Blogger kris

é tão bom ter tudo isso..é tão bom dedicarmo-nos a quem amamos e quem nos ama.é tão bom...queria eu um dia ter isso para mim, mas está complicado..nada é fácil na vida, lá isso é verdade.
aproveita e saboreia cada momento..porque são únicos e memoráveis...

tudo de bom

beijinho

 

At outubro 23, 2008, Anonymous tagarelante

eh... assim uma pessoa ate recebe melhor o inverno...

 

At outubro 23, 2008, Blogger M5Sol

Só hoje? Ih! Ih!

 

At outubro 23, 2008, Blogger Dantins

Linda declaração de amor!

 

At outubro 24, 2008, Blogger Mar da Lua

Kris: É verdade que sim. Cada momento é único e memorável, no entanto é quando menos esperamos que este sentir nos bate à porta e que, mesmo antes de termos tempo de decidir se queremos ou não abri-la, ele a arromba e nos irrompe vida dentro sem nos dar hipotese para nada. Seguramente esse dia chegará para ti. Faço votos de que seja breve.

Beijinho

 

At outubro 24, 2008, Blogger Mar da Lua

Tagarelante: podes crer. É que nem o frio, o vento, a chuva ou a neve custam a suportar ;)

 

At outubro 24, 2008, Blogger Mar da Lua

m5sol: Pois Amiga...tu sabes que não! Não é só hoje, foi também ontem, no dia anterior, amanhã e o resto do tempo...

Beijos grandes

 

At outubro 24, 2008, Blogger Mar da Lua

Dantins: E não o são (lindas) todas as declarações de Amor? Pelo menos aos olhos dos seus destinatários? Beijocas

 

At outubro 24, 2008, Blogger Pandora

Espero não desiludir quem cativei.
Não imagina como é uma honra para mim ler os seus comentários...

Adoro as suas palavras*

Beijo,

Pandora

 

At outubro 27, 2008, Blogger Mar da Lua

Pandora: Jamais corremos o risco de desiludir alguem quando somos verdadeiras, quando escrevemos com o coração, quando falamos com tudo o que sentimos à flor da pele, quando somos o que de mais genuino temos para ser.
Continua a escrever com a mesma verdade e com a mesma fúria de sentires. Parabéns!

Beijo